Início O PNED Documentos Orientadores Ética na Web Área do Provedor Bandeira da Ética Contatos
Recursos Pedagógicos Concursos Campanhas Publicações Espaço de Opinião Newsletter Galerias

Notícias

Imagem

FPAK promove ação de ética no desporto na Madeira

12 de Setembro de 2017

Com o apoio do IPDJ e a participação de Miguel Nery, responsável técnico do projeto Desporto sem Bullying e Paula Fortunato, embaixadora do Plano Nacional de Ética no Desporto (PNED) e do projeto Desporto sem Bullying, a FPAK promoveu na ilha da Madeira um encontro subordinado ao tema da ética desportiva.

Foi durante uma prova do Circuito de Karting Faial III, que aconteceu a 10 de setembro, que as cerca de duas dezenas de pilotos participantes puderam assistir à ação na qual lhes foram transmitidas noções sobre o desporto enquanto escola de valores, a importância do prazer na prática desportiva, o papel dos pais, educadores e treinadores, etc.

Depois de fazer um enquadramento histórico da evolução da ética desportiva, Miguel Nery alertou para o fenómeno da desistência de muitos jovens da prática desportiva, referiu as consequências negativas desse abandono, nomeadamente em termos de socialização, e explicou como, muitas vezes, esse abandono está diretamente relacionado com o comportamento dos pais e/ou treinadores que pode ser desmotivante para os jovens.

Paula Fortunato, por seu lado, traduziu a ética no desporto como a soma do respeito que é devido a nós e ao nosso corpo, ao adversário e à sua relevância na prática desportiva, às regras estabelecidas, e a valores como a verdade, a justiça e a tolerância.

Ao longo de toda a apresentação foi sublimado o papel fundamental de pais, educadores e treinadores enquanto exemplo para os mais jovens, tendo sido recordada a necessidade de os adultos controlarem as suas emoções (para que os jovens atletas possam aprender através do exemplo a dominar as suas frustrações) e respeitarem as decisões de comissários técnicos e/ou árbitros, bem como de repudiar todas as demonstrações de violência, não apenas física mas também verbal.

A prova incluía pilotos da categoria cadetes, super-cadetes, juniores e Max, ou seja, a assistência a esta palestra sobre ética no desporto abrangia jovens a partir dos 7 anos mas também pilotos seniores e vários pais.

Artur Jorge Baptista, presidente da direção da Associação de Karting da Madeira, fez a apresentação deste encontro, agradecendo à FPAK e ao IPDJ a organização.

Antes da palestra, houve oportunidade para a troca de experiências e Artur Jorge Baptista explicou o projeto Kartilha da Madeira, uma escola para os jovens pilotos de karting onde não só lhes é transmitido o conhecimento técnico e trabalhada a performance desportiva, mas também são transmitidos valores, com especial incidência na segurança dos pilotos e respeito por todos os intervenientes de uma prova desportiva.

Otília Mendonça, da FPAK Madeira, recebeu e acompanhou os palestrantes, tendo no final oferecido, em nome da FPAK, aos jovens pilotos de karting o livro sobre segurança rodoviária, da autoria do piloto Renato Pita: “De mãos dadas com a segurança”.

Foram também distribuídas a todos os presentes algumas brochuras elaboradas pelo Plano Nacional de Ética no Desporto sobre dopping, bullying e recomendações aos pais.

[ + Notícias ]


Página Inicial | Contatos | Política de Privacidade | Mapa do Site
© 2012 PNED Plano Nacional de Ética no Desporto - Todos os Direitos Reservados